YayBlogger.com
BLOGGER TEMPLATES

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Isabel e a chuva


Ninguém conseguiria traduzir o que Isabel sentia naquele dia. As suas férias de Junho estavam repletas de expectativas e, naquele exato momento em que deitava no gramado verde-vivo, esperando a chuva chegar, sentiu que tudo o que ela tanto ansiava estava acontecendo.
A chuva que tocava a terra provocava no seu coração um alvoroço sem fim. As lembranças vinham com uma força descomunal, invocando o fluxo desritmado do seu corpo e das lágrimas que saltavam nervosas dos seus olhos.Já era a hora do seu eu encontrar aquele presente gelado dos céus, aquelas gotas de chuva tão grandes que marcavam todo o solo.
Aquela cidade, aquelas nuvens, aquela água e aquele lugar constituíam a maior parte de Isabel, confundiam seus lados femininos e masculinos e revolucionavam os seus sentimentos mais íntimos, os que ela prometera a si mesma que nunca contaria à ninguém.

Um comentário:

Cecília Miscow disse...

de fato, férias chegando yeah yeah yeah!
;D