YayBlogger.com
BLOGGER TEMPLATES

domingo, 17 de junho de 2007

Pra onde o tempo vai depois que ele passa?



A massa que rege o universo e o infinito, é o tempo. Ele muda o espaço, os nossos corações, a nossa revolução cotidiana, a imperfeição da rotina, os nossos laços com outras pessoas. O tempo destrói tudo, e vai corroendo o que ele mesmo construiu,depois de tanto querer. E da mesma forma que fragmenta, reconstitui nossos sonhos e participa do que pode vir a ser imutável. O tempo é a contradição eterna, é primo do arrependimento e irmão da saudade.






Esse texto tem a participação mais do que especial da famosa Ângela, popularmente conhecida como Panceta.

3 comentários:

Reinofy Duarte disse...

O Sol nasce pontualmente
entre as cinco e cinco e quinze
podendo variar
para mais ou para menos
de acordo com seu estado de espírito

O tempo não existe!

O tempo é apenas mais uma ficção
inventada por um senhor de bigodes negros

Mas o Sol, este sim é fato. É fato
e pontual.



Tomaz Brasileiro

sarah k disse...

oi Isa!

coloquei teu endereço nos meus favoritos do blog prá poder vir aqui de vez em quando ...
que curioso, outro dia escrevi sobre o tempo, o que passa, o que ainda vem, todos o mesmo, ou vários num só ...
Foi "A Teia do Tempo"

;-)

Reinofy Duarte disse...

O Tempo não passa: a gente é que passa pelo Tempo.